Buscar
  • Map Logistics

Confira 3 dicas para se manter ativo no comércio internacional

Atualizado: 23 de Abr de 2020

Neste artigo apresentaremos 3 dicas para você continuar exportando mesmo em meio a tantas adversidades

Com mais de 2 milhões de casos no mundo e ⅓ da população global em isolamento, o coronavírus nos deixou desamparados em uma situação sem precedentes históricos. A adoção de medidas restritivas ao comércio pelas maiores economias globais, causará um impacto econômico de proporções ainda não totalmente conhecidas.


Em meio a esse cenário de incertezas quanto ao futuro, como continuar ativo no comércio internacional?


Neste artigo apresentaremos 3 dicas para você continuar exportando mesmo em meio a tantas adversidades, e usar este momento de incertezas para crescer a adquirir aprendizado.


Use Couriers

No cenário atual, couriers são ótimas opções para exportar cargas de pequeno e médio porte. Empresas de frete expresso são consideradas essenciais e podem continuar operando mesmo em locais com ordem de confinamento em casa.


Sendo assim, elas continuam os seus serviços com a maior normalidade possível, conseguindo manter uma certa estabilidade dos preços.


A maioria continua fazendo entregas a partir do Brasil para a maioria dos destinos, restrições são apenas para países como Mongólia, Timor Leste e Laos. Enquanto os seus serviços continuam operando em toda a Europa e América, com pequenos transtornos, e uma média de tempo adicional de trânsito de apenas 4 dias.


Além disso, as maiores couriers adotaram diversas medidas para aumentar a higienização dos ambientes e diminuir o contato físico entre entregadores, remessas e destinatários, suspendendo a necessidade da assinatura do destinatário no recebimento.

Ofereça descontos

Uma ótima maneira de incentivar seus clientes a continuarem importando seus produtos, mesmo na situação atual, é oferecer descontos! É claro que tudo deve ser calculado para que sua empresa não tenha prejuízos.


Ofereça pequenos descontos que só serão aplicados caso o cliente adquira os produtos neste momento. Assim, você o incentivará a não postergar as importações. Mesmo tendo que passar por algumas adversidades a mais, importar agora poderá valer a pena com a queda de preços.


Adapte-se

Independente das estratégias que sua empresa irá adotar para lidar com a situação, é necessário compreender que estamos passando por um período totalmente novo, e seus reflexos no comércio a curto prazo são imprevisíveis.


Portanto, para ser bem sucedido é necessário manter sempre a mente aberta e estar preparado para adaptar-se constantemente, conforme as mudanças da situação.


Estamos acompanhando no mundo todo empresas que estão se esforçando para atender às novas demandas.


Os exemplos são inúmeros: empresas alterando sua linha de produção para produzir máscaras e aventais de uso hospitalar; empresas deixando a produção de produtos finais para oferecer matéria prima à fabricação de itens essenciais; grandes exportadoras industriais mudando suas estratégia e exportando em pequenas quantidades para o uso doméstico.


Os casos são diversos, mas uma coisa é certa: não existe receita para o sucesso! Todos fomos pegos de surpresa e estamos sofrendo as consequências deste evento histórico único. Portanto, este é o momento perfeito para manter a mente aberta e não ter medo de ousar e experimentar!


16 visualizações0 comentário